Volta às Aulas com Segurança

Volta às Aulas com Segurança: quais protocolos devem ser tomados?

Devido à pandemia de covid-19, foi adotado o método de ensino a distância. A reabertura de escolas depende de procedimentos de segurança, confira aqui.

O fechamento de unidades de ensino levou os alunos a um modelo de ensino a distância, medida tomada para gerar maior proteção contra a transmissão do novo coronavírus.

Mas com a virada do ano e o surgimento de vacinas contra a doença, está cada vez mais próxima a volta às aulas com segurança.

Conforme uma pesquisa divulgada pelo UOL em parceria com as secretarias estaduais de educação, o estado de São Paulo deve retornar às aulas presenciais no mês de fevereiro.

A intenção, aqui, é de realizar um sistema híbrido com maior foco em atividades presenciais.

E para isso, será necessário tomar o máximo de segurança possível, com alunos e profissionais da educação.

Assim, as escolas devem receber os alunos presencialmente, independentemente de qual for a fase da pandemia em que estamos vivendo.

Por outro lado, a reabertura de instituições de ensino deve ocorrer mesmo sem um plano de vacinação.

Nesse processo, é importante que os pais realizem uma série de preparações com os filhos(as) para esse momento de retorno.

Por outro lado, a escola deve seguir uma série de protocolos que garantam segurança máxima.

Que medidas são necessárias para a volta às aulas com segurança?

De acordo com documento publicado pela Unicef, as escolas devem estar devidamente preparadas para voltar a receber as crianças.

Para isso, os seguintes protocolos devem ser seguidos:

  • Definir regras para entrada e frequência dos alunos;
  • Manter crianças e professores em grupos pequenos e que não se misturam;
  • Definir horários de início de aulas, intervalo, uso de banheiro, da merenda e término da aula;
  • Instruir a lavagem de mãos da forma correta;
  • Manter o ambiente limpo, principalmente as salas de aula;
  • Deixar as salas abertas, garantindo ventilação adequada;
  • Incentivar atividades feitas ao ar livre;
  • Usar máscaras adequadas, isso serve para as crianças, os professores e todos os profissionais presentes na escola.

Esses pontos são dentro da escola como um todo, mas, quando falamos na ação nas salas de aula, é fundamental:

  • Manter o distanciamento sempre que possível;
  • Utilizar máscaras;
  • Higienizar as mãos frequentemente;
  • Possuir ventilação adequada.

No entanto, é importante lembrar também de limpar e desinfectar as salas corretamente.

Principalmente em casos onde algum aluno teve sintomas da doença.

Por que reabrir escolas?

Reabrir instituições de ensino é algo crucial para assegurar a continuidade dos ensinamentos educacionais e o bom desenvolvimento das crianças.

Nós da Raio de Luz fizemos a retomada às aulas com algumas atividades presenciais.

Para isso, prezamos pelo ensino de qualidade e sempre mantendo todos os cuidados necessários com nossos alunos.

Mas, para que a volta às aulas aconteça da maneira mais segura possível, é importante que todos respeitem as devidas precauções.

Em casos em que um aluno ou que um dos pais está com sintomas da doença, o recomendado é que ela não vá para a escola.

A medida é a fim de não colocar outros colegas e professores em risco.

Traga seu filho para a Escola Raio de Luz, aqui ele terá um bom ensino com a segurança necessária!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *